Empreender: O que é preciso saber sobre Food Trucks

Rounded Button Secondary 2

Uma nova geração de amantes de comidas de rua (famoso pelo nome em inglês street-food) está formando filas e mais filas em frente a caminhões e carrinhos de comida como nunca antes. Esses são os famosos Food Trucks.

O conceito de Food Truck foi importado dos Estados Unidos para o mundo todo. Uma das razões do sucesso desse modelo de negócio foi também a crise americana em 2008, em que muitos empreendedores procuravam opções mais flexíveis e acessíveis.  Com os Food Trucks, esses empreendedores e donos de lanchonete e restaurantes viram a oportunidade de inovação e a necessidade dos clientes no mercado. Esse conceito caiu então como uma luva em muitas outras grandes cidades, incluindo São Paulo e outras capitais do Brasil.

Esses “restaurantes sobre rodas” passaram por um processo de gourmetização, juntando comidas de rua com outras tendências populares. Por conta disso, a indústria de alimentos de rua nunca teve tanta publicidade e notoriedade como tem atualmente. E isso só tende a crescer, como é mostrado no gráfico abaixo:

 

Grafico

 

Observadores da indústria alimentícia afirmam que o negócio de Food Trucks está crescendo especialmente porque a pessoas estão cada vez mais buscando opções de café da manhã e almoço de baixo custo. Além disso, todos tendem a ter as horas contadas ao longo do dia e precisam de refeições mais rápidas. Esses fatores ajudam e deixam o conceito de Food Truck ainda mais atraente.

De um ponto de vista empresarial, quiosques, carrinhos, trailers e Food Trucks têm uma sobrecarga mais baixa do que restaurantes e podem ser movidos se um local não for bom o suficiente para gerar capital. Em vez de ter que determinar onde abrir um restaurante e se preocupar com imobiliária e localização, o proprietário pode realmente dirigir a uma nova localização. Obviamente não é tão fácil quanto soa, há questões burocráticas e legais que precisam ser checadas antes de simplesmente mudar de lugar. Mas, pode ser menos complexo do que ter um local fixo. Para saber mais sobre essas questões, dê uma olhada nesse link do Sebrae em Mercado.

Para os clientes, você adiciona a conveniência de ter as comidinhas preferidas fora de um local específico. Essas sempre mais elaboradas e bem-feitas do que uma rede de fast-food, porém com a mesma rapidez.

Investindo e planejando:

Se você como empreendedor decidiu investir num Food Truck, é hora de começar a planejar alguns detalhes antes mesmo de pensar o que irá vender. Considere:

  • Seu capital de inicialização, orçamento e potencial de retorno
  • Seu compromisso com o negócio: quanto tempo gostaria e poderá trabalhar
  • Quais as ideias e o que será necessário para cumpri-las
  • Sua experiência na gestão de uma empresa
  • O tamanho do negócio que você deseja iniciar
  • O local ideal

Faça um plano! Depois de resolver toda a parte financeira e qual tipo de Food Truck você deseja ter, como: quiosque móvel, Food Truck gourmet, Food Trucks para almoços ou para eventos.

Além das questões relacionadas a abertura de uma empresa e o planejamento financeiro, é necessário planejar seu cardápio!

 

O cardápio:

Determinar o que servir pode ser divertido. Mas há diversos fatores a considerar, aqui estão alguns:

  • O que você sabe ou gostaria de servir?
  • Que tipo de refeições você gosta de cozinhar?
  • Quais refeições são populares em sua cidade ou região?
  • Quais refeições são ideais para sua experiência culinária ou que permitirá que você experimente novas receitas criativas?
  • Que alimentos os clientes podem transportar facilmente com eles?
  • Que alimentos (s) são potencialmente rentáveis para você vender?
  • Que alimentos não são vendidos em outros 100 outros Food Trucks, carrinhos, quiosques ou fornecedores móveis em sua área?
  • Que horas do dia você abrirá para o negócio? Café da manhã? Almoço? Jantar? Madrugada?
  • Você vai se especializar em uma ou duas refeições com variações?
  • E por fim, como você fará para inovar e entrar no mercado dos Food Trucks?

 

Onde estacionar:

Suas decisões sobre onde estacionar vai depender de vários fatores-chave. Primeiro, você tem que considerar onde é permitido estacionar por lei, já antes citado. Em seguida, você deve perguntar-se onde nessas áreas você pode encontrar os clientes que gostariam das suas comidas / ou bebidas. Você também deve considerar as horas principais de funcionamento para cada local e, é claro, da competição ao redor. Tenha em mente que, mesmo que você tenha encontrado o local perfeito e que está autorizado a estacionar lá, é possível que você encontre outros 10 carrinhos de comida e Food Trucks ao longo das ruas.

Alguns lugares a considerar são:

Terrenos particulares – são uma boa opção para estacionar o seu Food Truck lá. Obviamente se tiver clientes que possam se interessar por suas comidas e bebidas. Essa é uma alternativa para aqueles que moram em uma cidade em que as leis de Food Truck não estão totalmente claras. Veja com o dono do local e faça um acordo.

Festivais, bares abertos e Food Parks –  as três opções são normalmente bastante concorridas. Porém, se você conseguir uma oportunidade de estacionar em um deles, é bem possível que encontre o seu público e tenha um bom retorno de capital. Principalmente se o que você servir for algo “gourmet” ou inovador.

Universidades – esse é um dos locais nos quais você encontrará mais pessoas circulando e a procura de comidas rápidas, além também de estacionamento corporativos.

Procure também por conferências e convenções que acontecerão na sua cidade. Esse é um tipo de evento que também reúne grande parte do público que comeria em Food Trucks.

Por fim, os dias de carrinhos básicos de comida deram lugar a um novo conceito de comer bem e fora de um restaurante: os Food Trucks. Aposte num design exterior atraente para o seu caminhão, além de um bom logotipo. O conceito de Food Trucks deve ser bem pensado para que seja possível se distinguir da concorrência e construir seu próprio nicho de mercado, ou seja, para não ser apenas mais um caminhão estacionado!

Precisa de mais informações? Indicamos o site do Sebrae – Food Trucks: uma nova tendência.

 

bhp